Obras de todo Brasil estarão no 15º Salão Ubatuba de Artes Visuais

Post 15 de 587

O 15º Salão de Artes Visuais de Ubatuba acontecerá entre os dias 9 de novembro a 2 de dezembro, no Centro de Convenções

Jurados: (da esquerda para a direita) Oscar D’ambrosio, Carlos Augusto de Almeida e Alexandre Lopes

Encerrou na última sexta-feira (21) o prazo de entrega das obras selecionadas para o 15º Salão Ubatuba de Artes Visuais. Com mais de 1000 obras inscritas, vindas de vários estados do Brasil, o evento consolida-se como o maior da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte.

Visando à imparcialidade e à lisura do processo de seleção, bem como o de premiação, a comissão foi investida de soberania em suas escolhas, não havendo quaisquer interferências externas nas decisões dos jurados. Os critérios de escolha para as premiações levaram em conta o impacto que o trabalho causa no observador, seja ele leigo ou não; a “habilidade do fazer”, ou seja, a técnica; e a criatividade, “entendendo-se aí a capacidade de surpreender, de pensar e de fazer o inusitado”, aponta o Doutor no Programa de Educação Arte e História da Cultura da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Oscar D´Ambrosio.

Comissão Organizadora do 15º Salão Ubatuba de Artes Visuais, jurados e funcionários da FundArt

A equipe de jurados possui uma ampla experiência em Mostras e Salões e sabem da importância que é para o artista ter o seu trabalho reconhecido, e o visitante, ter contato com a produção artística contemporânea, diz Carlos Augusto de Almeida que já realizou outros vários projetos de arte e eventos no Museu da Imigração e Antiga Usina Santa Bárbara, hoje importante centro cultural. Mantem projetos na área cultural nas cidades de São Paulo, Santa Bárbara e Piracicaba, cidade de grande tradição cultural, principalmente nas artes plásticas.

“A criatividade, qualidade intrínseca ao meio artístico, o fazer, e a pesquisa (temática ou referente aos meios de construção desse trabalho) devem ser aspectos que caminham juntos e latentes em uma obra de arte, fazendo que a mesma gere um prisma de significados, propiciando assim, um pensamento de atitude crítica e consciente deste meio e o mundo da qual faz parte. ” Frisa o jurado Alexandre Lopes, que atua como curador independente desde 2013, tendo realizado vários trabalhos tanto no Brasil como no exterior.

Visite o 15º Salão Ubatuba de Artes Visuais e descubra o universo da arte e sua magia!

Conheça mais sobre a comissão julgadora aqui!

 

Menu