Orquesta Mundana Refugi faz apresentação única em Ubatuba

Post 51 de 716

A Orquestra Mundana Refugi desembarca em Ubatuba trazendo toda força dos povos, que se transformou em música nas mãos de Carlinhos Antunes. A apresentação única acontecerá dia 27 de abril, no Teatro Municipal, às 20h.

Formada por músicos brasileiros, imigrantes e refugiados de diversas partes do mundo, a Orquestra apresenta, sob a direção musical de Carlinhos Antunes, temas tradicionais da Palestina, Irã, Guiné, Congo e Brasil, além de composições autorais. A Mundana Refugi, que surge após 15 anos de Orquestra Mundana, foi formada dentro do projeto REFUGI, no Sesc Consolação, que oferecia oficinas musicais gratuitas para imigrantes e refugiados. O projeto foi idealizado pelo compositor e multi-instrumentista Carlinhos Antunes e pela assistente social Cléo Miranda.

Os ingressos para a apresentação deverão ser retirados no local a partir das 19h em troca de 1kg de alimento não perecível.

O espetáculo tem apoio do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa e do ProAC-ICMS. Em Ubatuba o evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Ubatuba por meio da FundArt e dos parceiros: Aquário de Ubatuba; Restaurante MAH; Papagali; Pizzaria São Paulo; Pulo do Gato; Vila do Pescador; O Limoeiro; Eco Trip Hostel; Chalés e Pousada Manobra; Pousada O Flautista; Praia Suítes Itaguá; Omnimare; Mar Azul Pousada; Wizard Idiomas;, Pousadinha; Fórum de Comunidades Tradicionais (FCT) e Observatório dos territórios saudáveis e sustentáveis da Bocaina (OTSS)/ Fiocruz.

No repertório há composições de Carlinhos Antunes e temas tradicionais da Palestina, Irã, Guiné-Conacri, Congo e Brasil, com arranjos criados especialmente para a formação. Cantos tradicionais árabes e persas são trazidos para arranjos que comportam também o canto brasileiro, com interpretações de cantoras Oula Al-Saghir, da Síria/Palestina, e Mah Mooni, do Irã, ao lado da brasileira de Mato Grosso do Sul Paula Mirhan. Já temas que propõem o diálogo África-Brasil trazem as vozes de Mariama Camara, da Guiné-Conacri, e de Leonardo Matumona e Hidras Tuala, ambos do Congo. Com vozes vindas de tantos cantos e instrumentos que vão do kanun ao acordeom, passando pelo piano, violino, cítara chinesa, bouzouki e tantos outros, as apresentações da Orquestra têm confirmado que, se existe uma forma de comunicação que ultrapassa qualquer fronteira e cria um lugar comum a todos, essa forma é a música.

SERVIÇO
Orquestra Mundana Refugi em Ubatuba
Data: 27 de abril – sábado
Horário: 20h
Local: Teatro Municipal de Ubatuba
Os ingressos podem ser retirados no local, a partir das 19h, em troca de 1kg de alimento não perecível.

 

,

Menu