Artistas plásticos do grupo setorial da FundArt fazem intervenção em unidade de reabilitação

Post 25 de 703

Quando pensamos em um ambiente para tratamento, quais cores vem à mente? Azul, branco? Talvez tons pastel? Geralmente, os espaços onde tantas pessoas atravessam seus momentos mais difíceis física e emocionalmente não ajudam muito em termos de ambiente. E é onde o poder da arte entra em cena.

Os artistas: Wilson Gomes, Fernando Viviani, Nanda Ramona, Alfeu Mantovani, Jeferson Guedes, Adriano Art e Tiano Mendes, cadastrados no grupo setorial de Artes Plásticas e Visuais da FundArt, coordenados pela artista plástica Cristina Almeida, arregaçaram as mangas, prepararam os pincéis e aceitaram a missão de dar vida ao novo prédio da Unidade Integrada de Reabilitação – UNIR, da Prefeitura Municipal de Ubatuba, que agora funciona na Rua Dr. Esteves da Silva, 447 – Centro (antigo posto de saúde Umuarama).

O que antes eram paredes brancas, agora é um oceano. Sereias, baleias, mandalas e um Sol bem brilhante marcam presença nessa grande obra de arte.  Os desenhos encantam os olhos e alegram os corações, pois representam uma doação dos artistas para um mundo mais feliz, colorido e principalmente humano.

A iniciativa surgiu de um convite da Diretora de Especialidades da Unidade, Patrícia Mello, e da Chefe de Seção de Saúde Especializada, Olívia Samersla, que ficaram encantadas com as intervenções artísticas realizadas pelo grupo “Néctar Caiçara” nos pontos de ônibus de Ubatuba, e imaginaram como seria agradável se aquelas cores estampassem as paredes da Unidade de Reabilitação.

Patrícia expressa agradecimento ao falar dos artistas: “Todo amor do mundo! Minha eterna gratidão! Onde quer que eu esteja, vou lembrar que um dia eu conheci artistas plásticos fantásticos, que fizeram um trabalho lindo em uma unidade de reabilitação. Que disponibilizaram do seu tempo para melhorar a vida de pessoas que eles nem conhecem. Isso é lindo!”

Da esquerda para a direita: Nanda Ramona, Wilson Gomes, Adriano Art, Tiano Mendes, a Diretora de Especialidades da Unir, Patrícia Mello, a Chefe de Seção de Saúde Especializada, Olívia Samersla, a coordenadora do grupo setorial de artes plásticas e visuais da FundArt, Cristina Almeida e Fernando Viviani.

A coordenadora do setorial de artes plásticas e visuais da FundArt, Cristina Almeida, conta que ao ser convidada pela Fundação para participar desta ação ficou muito feliz: “Saber que a gente está fazendo um trabalho que pode impactar positivamente na vida de alguém não tem preço! O engajamento dos artistas foi imediato e a gente ficou muito ansioso para fazer isso logo. Eu costumo dizer que a arte salva e eu sou prova disso”, finaliza Cristina.

Para o Diretor Presidente da FundArt, Pedro Paulo, a intervenção artística é sempre positiva e bem vinda em quaisquer ambientes, porque a verdadeira arte transcende. “No dizer de Ferreira Gullar: ‘a arte existe porque a vida não basta’. Cumprimento à iniciativa da UNIR e exalto a participação dos artistas plásticos que emprestaram seus talentos para gratificar nossa cidade, sempre merecedora do nosso melhor apreço”.

,,

Menu