12 prédios e locais históricos para você conhecer em Ubatuba

Post 14 de 765

Aproveite as dicas de prédios e locais históricos que trazemos nesta última edição. Vale a pena visitar, pois Ubatuba é bem rica  – às vezes, a gente foca mais nas praias, esporte e belezas naturais e não se dá oportunidade de conhecer um pouco mais desse celeiro cultural….

 

biblioteca

Biblioteca

Localizada na Praça 13 de maio, no centro da cidade, a Biblioteca Municipal ocupa a antiga sede da Prefeitura de Ubatuba, onde encontra-se também o Memorial “Ciccillo Matarazzo”. Ela foi definitivamente instalada no local durante a gestão do então prefeito Pedro Paulo Teixeira Pinto (1985-1988).

Com um acervo de atualmente cerca de 20 mil volumes, a Biblioteca, inclusive, passou por uma desburocratização neste mês –  confira em: http://twixar.me/qmP1. Para quem gosta de ler, é um prato cheio.

 

 

Praça da Bandeira

Também conhecida como “Praça da Paz  de Iperoig”, ela fica em frente à praia do Cruzeiro, na região central.

Além de um pequeno chafariz com um monumento representando o primeiro tratado de paz firmado em todas as Américas (Paz de Iperoig – entre índios e portugueses) o local, agora, conta com uma bandeira de Ubatuba que fica hasteada constantemente.

Essa bandeira representa o nosso amor pela cidade. E quanto amor, não é mesmo?

 

 

 

WhatsApp Image 2019-09-13 at 14.10.58Praça Nossa Senhora da Paz

O local abrigava a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, que leva esse nome pois foi construída para permitir que negros escravizados pudessem participar dos cultos religiosos da Igreja Católica, pois não era permitido que o fizessem junto aos brancos. A praça fica na esquina da Avenida Iperoig, com Rua Dr. Esteves da Silva.

Você aí, aposto que sempre passa, olha, e repara na estátua, mas nem imagina que ela foi doada pelo Papa João XXIII em 1963. “Regina Pacis” foi oferecida ao município em alusão a 4ª comemoração da “Paz de Iperoig”.

 

 

museu

Museu Washington Oliveira

O museu está situado no prédio da “Cadeia Velha”, na Praça Nóbrega, centro de Ubatuba.  É considerado a primeira construção em linhas modernas de Ubatuba e foi projetado pelo famoso escritor Euclides da Cunha (autor de Os Sertões). O acervo inclui desde antigos utensílios domésticos de uso diário até objetos pessoais de pessoas ilustres da História de Ubatuba, como o próprio “Seo Filhinho” (Washington Oliveira  – que dá nome ao prédio), Idalina Graça, Madre Glória, entre outros.

Nas férias, o museu ainda conta com programação específica de visitação guiada.

 

 

Sobradão do Porto_FundArtSobradão do Porto

Ubatuba é uma cidade que já abrigou o porto mais importante do país e o Sobradão do Porto é o único casarão que restou dos áureos tempos do café na segunda metade do século XIX na cidade.

Atualmente, ele está sendo reformado pelo Iphan, mas ainda assim, é possível observar sua beleza na região próximo à Vila dos Pescadores.

 

 

 

 

Igreja Matriz_Alexandre RodriguesIgreja Matriz Exaltação da Santa Cruz

A Igreja abriga a paróquia que leva o mesmo nome. É conhecida por ser referência em muitas coisas: ser a Igreja da Região central, ter um altar em formato de canoa (em homenagem a São Pedro Pescador) , possuir uma arquitetura referência e, ainda, ser palco da tradicional Festa do Divino.

A obra da Igreja foi entregue, provavelmente, na segunda metade do Séc XIX (na fachada, consta a data 1866 como data de referência.) Um local para se apreciar independente de religião.

 

 

0124-Paço-Nobrega_edit

Paço Nóbrega

Localizado na avenida Iperoig, o edifício é de meados do século XIX e foi o lugar onde nasceu o professor Thomaz Galhardo, autor da Cartilha elementar para a infância, livro de alfabetização utilizado em todo o Brasil na época. O local também foi onde nasceu o aviador Gastão Madeira. Em 1985, o prédio foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDPHAAT).

A construção teve diversos usos: foi sede da Câmara Municipal em 1864, do Fórum em 1872 e da Prefeitura de Ubatuba em 1904. Atualmente, é sede da secretaria de Turismo do Município.

 

 

pracaBaleia

Praça da Baleia

Está localizada na orla da Praia do Itaguá, próximo ao Aquário de Ubatuba. Leva esse nome pois abriga o esqueleto da baleia encalhou morta na Praia Grande, em Outubro de 2000. Seus ossos foram retirados pela Prefeitura Municipal e em 2010 foi montada no local. Apesar de ser chamada assim, a denominação original é “Praça Alberto Santos Dummont” que posteriormente, passou a ser “Praça Alberto Santos”.

Recentemente, ainda foi agregada ao local, a estátua de Jacques Custeau, que permaneceu fundiada na Ilha Anchieta por 20 anos.

 

 

WhatsApp Image 2019-09-13 at 14.15.38Marco da paz

O Marco da Paz é um monumento único no gênero, lembrando aos homens dos cinco continentes a necessidade da manutenção da Paz e a promessa de um mundo melhor. Sua realização conta com o apoio da Associação Comercial de São Paulo – ACSP .

Além da cruz e do sino, o local conta com uma estátua de José de Anchieta.

 

 

Puericultura

Posto de Puericultura

Trata-se de uma obra datada de 1914 e localizada na Praça 13 de Maio, no centro de Ubatuba. Foi inaugurado pelo famoso jornalista Assis Chateaubriand, e já sediou a Companhia Municipal de Turismo – Comtur.

Atualmente, ela abriga da secretaria de Pesca e Agricultura do município.

 

 

 

 

 

fundartAntigo fórum (Sede Administrativa da Fundart)

O sobrado do antigo Fórum de Ubatuba foi construído na Praça Nóbrega entre 1958 e 1960, funcionando até 2006, quando foi transferido para a nova sede no bairro da Estufa II.

Com o aval da Prefeitura Municipal e do Governo do Estado, o prédio passou por uma reforma e em 2008 se tornou a sede administrativa da Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba.

O local também sedia a Oficina de Balé Clássico da Fundart que, inclusive, já ganhou diversos prêmios da categoria.

 

 

WhatsApp Image 2019-09-13 at 14.37.21

Ilha dos pescadores

A Barra do Rio Grande ou Barra dos Pescadores é um dos três pontos principais de desembarque de pescados e porto para as embarcações de pesca. Compondo a barra encontra-se a Ilha dos Pescadores –  onde fica localizado o Mercado Municipal de Pescados e a sede da Colônia de Pescadores Z10 “Ministro Fernando Costa”.

É um local muito charmoso à noite, onde é possível visitar alguns barzinhos. O Mercado de Peixe também atrai grande  movimento. Está aberto ao público das 7 às 18 horas, de segunda a sábado, e aos domingos, das 7 às 14 horas. E fica próximo à Ponte que leva ao Perequê-Açu.

Cada lugarzinho tem sua bagagem histórica e todas elas fazem parte desse lindo quebra-cabeças chamado Ubatuba que, no próximo mês, comemora 382 anos. Não esqueça de conferir todas as nossas listinhas. Esperamos ter ajudado a conduzir seu mini-tour pela nossa “terra que só cheira amor”.

 

Fonte: Secretaria de Comunicação / PMU

,,,

Menu