Museu Histórico de Ubatuba participa da 17ª Semana Nacional de Museus

Post 9 de 678

De 13 a 19 de maio acontece a 17ª Semana Nacional de Museus – SNM, temporada cultural promovida pelo IBRAM – Instituto Brasileiro de Museus, em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio). Nessa edição, 1.114 instituições de cultura de todo o país oferecem ao público 3.222 atividades especiais, como visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes e muito mais.

A fim de levar ao público de Ubatuba mais conhecimento sobre a nossa história, a FundArt participará mais uma vez das atividades da SNM, promovendo visitas pedagógicas monitoradas ao Museu Histórico “Washington de Oliveira”. Em 2018, a proposta foi um verdadeiro sucesso, quando 579 alunos da rede municipal de ensino tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a cultura e história do município através das visitas.

As escolas ou grupos maiores interessados em participar das visitas deverão agendar com antecedência pelo e-mail: museu@fundart.com.br ou pelo telefone: (12) 3836-2047.

Museu Histórico “Washington de Oliveira” – Cadeia Velha

O prédio da Cadeia Velha, considerada a primeira construção de linhas modernas de Ubatuba no século XX, foi inaugurado em 1902, para sediar a primeira cadeia de Ubatuba, hospedando desde presos considerados de baixa periculosidade, até condenados a caminho da Colônia Correcional do Porto das Palmas (Presídio da Ilha Anchieta).

A cadeia funcionou no local até 1976, quando foi transferida para a Rua Thomaz Galhardo. Após uma reforma sediou o Centro Municipal de Cultura, Esportes e Turismo da Prefeitura, e de 1984 a 2000 foi sede da CETESB – Companhia Estadual de Tratamento de Esgoto e Saneamento Básico. Em 2001, foi reconhecido como Patrimônio Histórico Municipal e passou a ser a sede do Museu Histórico de Ubatuba, levando o nome do saudoso Washington de Oliveira, ex-prefeito e figura ilustre da cidade.

Acervo

O Museu conta com acervo composto por materiais arqueológicos dos primeiros habitantes da região, utensílios antigos, móveis e objetos pessoais de Madre Glória e do farmacêutico Washington de Oliveira (Seu Filhinho). Também faz parte do acervo a Exposição “Ubatuba: o redescobrir da história” – projeto de pesquisa bibliográfica e documental da cidade.

Curiosidade

O pássaro Sankofa, que aparece na arte da 17ª Semana de Museus, é um símbolo africano Adinkra desenvolvido pelo grupo cultural Akan. Com a cabeça voltada para trás e os pés voltados para frente, o pássaro simboliza o retorno ao passado para ressignificação do presente, visando o futuro. Carrega em si a ideia de que as instituições de cultura são espaços onde presente, passado e futuro estão em constante interação, mas sempre buscando manter e respeitar as singularidades de cada tempo e espaço.

,,,

Menu